PELA REVOGAÇÃO DO DECRETO DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO QUE AUTORIZA USO DOS BANHEIROS PÚBLICOS DE GÊNERO

Petição dirigida ao governo do estado de São Paulo

 

PELA REVOGAÇÃO DO DECRETO DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO QUE AUTORIZA USO DOS BANHEIROS PÚBLICOS DE GÊNERO

020.000
  18.849
 
18.849 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 20.000 assinaturas.

PELA REVOGAÇÃO DO DECRETO DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO QUE AUTORIZA USO DOS BANHEIROS PÚBLICOS DE GÊNERO

Governo do Estado de São Paulo decreta que banheiros das Escolas da rede Estadual devem ser utilizados de acordo com a identidade de gênero.

Nós "Famílias reunidas pela vida, em São Bernardo do Campo", com o "Movimento Legislação e Vida", rechaçamos com veemência o decreto do Governo do Estado de São Paulo e exigimos a sua imediata revogação, por atentar contra a dignidade da pessoa humana. 

Durante a votação do Plano Nacional de Educação (Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014), foram suprimidos todos os termos que fizessem menção à perniciosa Ideologia de Gênero - a saber: Identidade de Gênero, Teoria de Gênero, Orientação Sexual - ficando, assim, rejeitada, pelo Poder Legislativo Federal, esta ideologia e toda a destruição da família e da sociedade proveniente dela.

Não satisfeitos com isso, os inimigos da Família insistiram no seu plano ardiloso e propuseram a inserção da Ideologia de Gênero nos Planos Municipais de Educação (PME), no ano de 2015. Mais uma vez, com o empenho e colaboração dos homens e mulheres de boa vontade de nosso País (que são maioria esmagadora), mais de 98% dos municípios ficaram livres da obrigação de ensinar tal aberração às suas crianças, pois pressionamos os vereadores, nos envolvemos e batalhamos em favor da vida e da família.

No dia 15 de Maio de 2017, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo publicou uma nota, na qual diz o seguinte: “Nas Escolas estaduais de São Paulo, todos os alunos devem usar o banheiro de acordo com o gênero que se reconhecem!” (http://www.educacao.sp.gov.br/noticias/banheiros-das-escolas-estaduais-de-sp-devem-ser-usados-de-acordo-com-identidade-de-genero)

Esta orientação, se seguida pelas escolas, vai permitir que um menino freqüente o banheiro das meninas, se ele disser que se reconhece como gênero feminino, ou vice-versa, mas vai também permitir que adultos freqüentem o banheiro do sexo oposto, uma vez que declarem ser aquele o gênero em que se reconhecem. No banheiro feminino, facilmente, se encontrarão meninas junto com homens adultos e no banheiro masculino, meninos com mulheres adultas, enfim, será mais uma porta aberta para práticas de pedofilia, estupro, além da tremenda confusão que se instalará na cabeça das nossas crianças, cuja maturidade ainda não permite um discernimento preciso sobre esta situação.

Solicito a você que assine esta petição, solicitando ao Governo Estadual que revogue esta orientação, demonstrando que o Povo do Estado de São Paulo é frontalmente contrário a esta arbitrariedade.

Esta petição foi criada por um cidadão ou uma organização independente de CitizenGO. Por essa razão, CitizenGO não é responsável por seu conteúdo.
+ Letter to:

Assine esta petição agora!

 
Please enter your first name
Please enter your last name
Please enter your email
Please enter your country
Please enter your zip code
CitizenGO protegerá sua privacidade e lhe manterá informado/a sobre esta e outras campanhas.

Os banheiros de gênero são uma ameaça às crianças!

Sr. governador do estado de São Paulo, 

A implementação dos chamados banheiros de gênero representa um enorme risco para a segurança e a saúde das crianças e adolescentes. O critério subjetivo para uso dos banheiros nas escolas dará aos abusadores a oportunidade para se aproveitarem da fragilidade de crianças (meninos e meninas).

No Brasil temos o exemplo de uma escola de Belo Horizonte que tentou realizar o experimento. Em pouco mais de um mês de implementação dos banheiros de gênero, os resultados foram péssimos: meninas contraíram infecções em seus órgãos genitais e quase foram vítimas de abuso (segundo o relato de alguns pais).

Será que o governador, apenas para posar de politicamente correto, quer ser responsável pelo que acontecerá com as crianças após a implementação dos banheiros de gênero? 

Governador, revogue a medida imediatamente! 

Atenciosamente,
[Seu nome]

PELA REVOGAÇÃO DO DECRETO DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO QUE AUTORIZA USO DOS BANHEIROS PÚBLICOS DE GÊNERO

Assine esta petição agora!

020.000
  18.849
 
18.849 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 20.000 assinaturas.