APOIAMOS O COLÉGIO RECANTO DO ESPÍRITO SANTO

Petição dirigida ao Colégio Recanto do Espírito Santo

 

APOIAMOS O COLÉGIO RECANTO DO ESPÍRITO SANTO

APOIAMOS O COLÉGIO RECANTO DO ESPÍRITO SANTO

020.000
  13.505
 
13.505 potpisa. Prikupimo 20.000!

No ano passado, o Pastor Jorge Linhares, presidente do Colégio Batista Getsêmani, tradicional colégio de Belo Horizonte, sofreu uma perseguição, recebendo uma intimação por parte do Ministério Público de Minas Gerais, referente a um vídeo publicado no Instagram da instituição, no qual dava explicações sobre os perigos da Ideologia de Gênero. Nessa investida, o MP pedia esclarecimentos após denúncia por discriminação de identidade de gênero. Parecia apenas um caso pontual de ativismo LGBTQ no qual o MP cumpria sua missão de apresentar a denúncia. Porém, mais um absurdo ocorreu nos últimos dias, desta vez com um colégio católico da cidade de Itaúna, em Minas Gerais.

O Colégio Recanto do Espírito Santo foi alvo de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público de Minas Gerais. O motivo: distribuir aos pais dos alunos um informativo alertando sobre o uso de símbolos como unicórnios, caveiras, arco-íris e o rosto do líder comunista Ernesto Che Guevara. Segundo o Ministério Público, tal ato caracteriza-se como patente discurso de ódio de cunho homotransfóbico, e para corroborar o argumento absurdo utilizou-se a denúncia de militantes de esquerda, dentre eles a deputada do PSOL Áurea carolina, tendo como base um suposto  “dano moral coletivo”.

O MP pede que o colégio seja condenado a pagar R$500.000,00 (quinhentos mil reais) em indenização e que custeie a produção e divulgação de material contra narrativo ao suposto discurso de ódio praticado.




020.000
  13.505
 
13.505 potpisa. Prikupimo 20.000!

Complete your signature

Sada potpišite peticiju!

 
Please enter your email
Please enter your first name
Please enter your last name
Please enter your country
Please enter your zip code
Molimo vas, izaberite jednu od ponuđenih opcija:
Vaše podatke obrađujemo sukladno našim pravilima o zaštiti privatnosti

Apoiamos o Colégio Recanto do Espírito Santo

Queremos, através desse instrumento de Abaixo Assinado, manifestar nosso inteiro apoio ao Colégio Recanto do Espírito Santo, não só como forma de nos solidarizarmos pela perseguição injusta sofrida, mas também enaltecer a atitude corajosa e correta da instituição em educar para os valores essenciais da família, não apenas seus alunos, mas também com orientações para os pais, que, a Constituição brasileira, em seu Artigo 205, têm o dever de ser os verdadeiros protagonistas e responsáveis pela educação dos filhos.

Repudiamos a atitude do Ministério Público de tentar cercear o direito de ofício da educação do colégio conforme seus ditames morais e religiosos, e consideramos que tal atitude é uma perseguição a toda comunidade cristã, além de uma limitação da liberdade de expressão.

É importante salientar que o material foi distribuído apenas aos pais dos alunos e trata-se da utilização dessas imagens em materiais escolares e camisetas. O colégio, nesse informativo, diz aos pais que essas imagens trazem, por trás de sua ingênua aparência, ideologias antifamília. Em momento algum o alvo do informativo menciona qualquer pessoa ou comunidade específica, e sim os pensamentos ideológicos representados por essas imagens, que são contrários à visão cristã do mundo.

[Ime i prezime]

Apoiamos o Colégio Recanto do Espírito Santo

Queremos, através desse instrumento de Abaixo Assinado, manifestar nosso inteiro apoio ao Colégio Recanto do Espírito Santo, não só como forma de nos solidarizarmos pela perseguição injusta sofrida, mas também enaltecer a atitude corajosa e correta da instituição em educar para os valores essenciais da família, não apenas seus alunos, mas também com orientações para os pais, que, a Constituição brasileira, em seu Artigo 205, têm o dever de ser os verdadeiros protagonistas e responsáveis pela educação dos filhos.

Repudiamos a atitude do Ministério Público de tentar cercear o direito de ofício da educação do colégio conforme seus ditames morais e religiosos, e consideramos que tal atitude é uma perseguição a toda comunidade cristã, além de uma limitação da liberdade de expressão.

É importante salientar que o material foi distribuído apenas aos pais dos alunos e trata-se da utilização dessas imagens em materiais escolares e camisetas. O colégio, nesse informativo, diz aos pais que essas imagens trazem, por trás de sua ingênua aparência, ideologias antifamília. Em momento algum o alvo do informativo menciona qualquer pessoa ou comunidade específica, e sim os pensamentos ideológicos representados por essas imagens, que são contrários à visão cristã do mundo.

[Ime i prezime]