Todos Somos Nazarenos #WeAreN2015

Papa Francisco: há mais mártires agora do que na época dos primeiros cristãos

 

Todos Somos Nazarenos #WeAreN2015

Todos Somos Nazarenos #WeAreN2015

0200.000
  137.467
 
137.467 assinado. Vamos conseguir 200.000!

No última dia 2 de abril, um grupo fundamentalista matou 147 universitários no Quênia. Antes de realizarem a matança, os assassinos separaram os muçulmanos dos cristãos. Algumas testemunhas afirmam ter visto corpos decapitados...

Desgraçadamente, essa é apenas a tragédia mais recente na Nigéria, no Paquistão, na Líbia, na Síria ou no Iraque. As vítimas? Sempre as mesmas: cristãos. Sofrem discriminação social, legal, laboral, perseguição ou violência atroz. Enquanto isso, o Ocidente parece continuar olhando para outra direção.

A situação é tão insuportável, que o observador permanente da Santa Sé ante as Nações Unidas, Mons. Silvano Tomasi, pediu a intervenção armada para freiar o chamado "Estado Islâmico".

O próprio Papa Francisco referiu-se aos cristãos perseguidos na Semana Santa:

"Devemos proteger os nossos irmãos e irmãs perseguidos, exilados, assassinados e decapitados. São nossos mártires. E são muito mais numerosos que nos primeiros séculos da Igreja (...) Espero que a comunidade internacional não desvie seu olhar e se mantenha calada e inerte perante esse crime inaceitável". 

Nesse ambiente, a cristã paquistanesa Asia Bibi - injustamente presa e condenada à morte - oferece-nos, do corredor da morte, uma demonstração de fé, firmeza e esperança. Assim ela escreveu na última Páscoa da Ressurreição:

 "A Páscoa de Jesus Cristo nos dá um exemplo de paz e perdão. Todos temos de aprender do ensinamento e do sacrifício de Cristo, crucificado por nós. Perdoou a todos e a todo o mal. Neste dia especial, peço para que todos os cristãos no Paquistão possam viver e orar em paz." 

CitizenGO tem um claro compromisso com os cristãos perseguidos. Colaboramos com a libertação da jovem sudanesa Meriam Ibrahim. Para a libertação de Asia Bibi, temos recolhido assinaturas e participado do documentário "Liberdade para Asia Bibi". A estréia mundial será na próxima sexta-feira, 17 de abril. 

Além disso, organizamos o Congresso Todos Somos Nazarenos (#WeAreN2015), que ocorrerá em Madrid, entre os dias 17 e 19 de abril. Estarão presentes líderes cristãos da Síria, Nigéria, Iraque, Egito e Líbano. Também participarão meninas que conseguiram fugir do sequestro de Boko Haram. Queremos dar voz às testemunhas do sofrimento dos cristãos no mundo. Estes são os principais participantes:

  • Sua Beatitude Ignatius Ephrem Youssef III Younan, Patriarca de Antioquia e da Igreja Católica Siríaca. 
  • Monsenhor Yousif Thomas Mirkis, Bispo Auxiliar do Patriarcado da Babilônia dos Caldeus e Arcebispo de Kirkuk (Iraque). 
  • Mosenhor Bashar Matti Warda, Arcebispo Caldeu Católico de Erbil (Iraque).
  • Monsenhor Joseph Daniami Bagobiri, Bispo de Maiduguri (Nigéria). 
  • Reverendo Edwar Awabdeh, presidente da Igreja Aliança Cristã Evangélica na Síria e no Líbano.

Também nos darão seu testemunho:

  • Joseph Fadelle (Iraque), torturado e preso por conventer-se ao cristianismo, e a quem a própria família tentou assassinar.
  • Car e Marsha Mueller (Estados Unidos), pais de Kayle, ativista de direitos humanos capturada pelo Estado Islâmico e morta em um bombardeio.
  • Mireille Al Farah (Síria), estudante cristã que não pode voltar a sua pátria.
  • Suwaiba Sarah (Nigéria), convertida, a quem a família tentou matar nos Estados Unidos para que renunciasse a Cristo. 
 
Se quiser deixar a eles sua mensagem de apoio e solidariedade, nós a entregaremos pessoalmente
 
Obrigado por seu apoio.
0200.000
  137.467
 
137.467 assinado. Vamos conseguir 200.000!

Complete your signature

Assine esta petição agora!

 
Please enter your email
Please enter your first name
Please enter your last name
Add a personal message to the email
Please enter your country
Please enter your zip code
Por favor, escolha uma opção:
Processamos a sua informação de acordo com a nossa política de Termos e Privacidade

Recebam toda a minha solidariedade

Estidamos representantes dos cristãos perseguidos:

Vós sois um exemplo para todos aqueles que creem. Obrigado por seu exemplo de fé, firmeza e esperança perante a marginalização, à perseguição e o genocídio.

Contai com meu apoio, solidariedade, afeto e orações. 

[Seu nome]

Recebam toda a minha solidariedade

Estidamos representantes dos cristãos perseguidos:

Vós sois um exemplo para todos aqueles que creem. Obrigado por seu exemplo de fé, firmeza e esperança perante a marginalização, à perseguição e o genocídio.

Contai com meu apoio, solidariedade, afeto e orações. 

[Seu nome]