A Resolução Estrela será votada novamente: impeça sua aprovação!

Petição para: membros do Comitê dos Direitos das Mulheres e Igualdade de Gênero

 

A Resolução Estrela será votada novamente: impeça sua aprovação!

vitoria!
050.000
  38.788
 
38.788 pessoas já assinaram esta petição.

A Resolução Estrela será votada novamente: impeça sua aprovação!

O projeto de uma resolução do Parlamento Europeu promove a educação sexual (ideologia de gênero) para crianças de 4 anos de idade e o aborto como meio de controle de natalidade.  

A famosa Resolução Estrela retornou à agenda do Parlamento Europeu. 

Como você se lembra, no dia 22 de outubro o relatório do Parlamento Europeu sobre "Saúde e Direitos Reprodutivos e Sexuais" foi devolvido ao Comitê dos Direitos das Mulheres e Igualdade de Gênero (FEMM).  

Depois que seu projeto de lei retornou ao comitê, a deputada socialista portuguesa Edite Estrela prometeu que ele voltaria com votos suficientes para ser aprovado. 

Como o projeto de Estrela está agora de volta na agenda do FEMM - o projeto será discutido no dia 25 e votado no dia 26 de novembro -, famílias de toda a Europa estão se dirigindo a seus parlamentares e contando com o respeito destes pelo procedimento democrático.

O texto foi escrito por Vicky Claeys, Presidente da Seção Europeia da IPPF (International Planned Parenthood Federation), que alegou publicamente ter escrito o documento em sua palestra ao Parlamento Europeu do dia 19 de junho, a qual tratou do acesso das mulhes aos métodos modernos de contracepção. 

Essa resolução promove a educação sexual (Ideologia de Gênero) para crianças de 4 anos, o aborto como direito fundamental, ataca o direito à objeção de consciência, os direitos dos pais e exige que a União Europeia financie o aborto por meio do Fundo Europeu de Desenvolvimento. Esse texto defende o aumento no número de abortos e a diminuição dos direitos dos pais e dos objetores de consciência, além de não recomendar nada em relação à prevenção do aborto ou ao apoio às mulheres grávidas. 

A velocidade com que o projeto está retornando é surpreendente, já que há muitos outros que ainda não foram discutidos. O Comitê FEMM não apenas o coloca como item prioritário em sua agenda para sua próxima reunião no dia 25 de novembro, mas ele também será incluído na agenda da sessão plenária de dezembro. Impeça que esse projeto seja aprovado assinando a petição ao lado.

+ Letter to:

Esta petição é...

Vitória!

Petição para: membros do Comitê dos Direitos das Mulheres e Igualdade de Gênero

O reporte Estrela está de volta à pauta: IMPEÇA QUE ELE SEJA APROVADO.

Solicito:

  • A rejeição do Reporte Estrela sobre "Saúde e Direitos Reprodutivos e Sexuais"
  • Que seja promovida a transparência com o público em todos os debates parlamentares
  • Que a resolução alternativa seja votada e aprovada. Ela foi colocada na pauta da sessão plenária e por isso não pode ser ignorada. Os parlamentares devem garantir que a resolução alternativa seja votada no Comitê
  • Que a votação do Comitê seja pública. As regras do Parlamento Europeu permitem um voto nominal no comitê (art. 195-3 das Regras do Parlamento Europeu). Um quarto dos membros votantes (neste caso, 9 dos 33 membros) devem apoiar tal solicitação. Todos os membros do Comitê, tanto membros plenos como substitutos, podem solicitar um voto nominal. 
[Seu nome]

A Resolução Estrela será votada novamente: impeça sua aprovação!

Assine esta petição agora!

050.000
  38.788
 
38.788 pessoas já assinaram esta petição.