REPÚDIO À CAMPANHA #LIBERAMEUXIXI ADOTADA PELA UFJF

A campanha da UFJF se camufla com o rótulo de respeito à diversidade, mas coloca em risco a privacidade e a segurança das pessoas que frequentam o campus

 

REPÚDIO À CAMPANHA #LIBERAMEUXIXI ADOTADA PELA UFJF

02.000
  1.268
 
1.268 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 2.000 assinaturas.

REPÚDIO À CAMPANHA #LIBERAMEUXIXI ADOTADA PELA UFJF

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) lançou a campanha "Libera meu xixi", cujo objetivo é combater a “transfobia” em espaços públicos. Foram instaladas plaquinhas nas portas dos banheiros as quais trazem mensagem de permissão às pessoas para utilizarem o sanitário conforme o gênero com que se identificam. 

A campanha foi implementada sem a consulta de demais setores da sociedade e, principalmente, sem o diálogo aberto com estudantes, professores e funcionários da Universidade, que, em número considerável, não são favoráveis a ela.

O termo “gênero” se refere a uma ideologia que procura encobrir o fato de que os seres humanos se dividem em dois sexos. De acordo com uma das principais teóricas da ideologia de gênero, Judith Butler, o “gênero” é definido pelas práticas sexuais de cada indivíduo, sem qualquer relação com o sexo biológico, que, por sua vez, é considerado apenas uma construção cultural.

Portanto, com a inserção das plaquinhas, qualquer pessoa poderá utilizar o banheiro que bem entender, bastando apenas declarar pertencer ao gênero correspondente ao banheiro que pretende utilizar. Tal absurdidade pode trazer consequências nefastas como, por exemplo, abuso sexual de mulheres, uma vez que nada garante que um homem mal-intencionado não possa se aproveitar da situação.

Não podemos aceitar essa política institucional na UFJF, pois ela retira de todos os que frequentam o campus da universidade o direito de terem assegurada a sua privacidade na utilização dos banheiros.

A campanha se baseou na resolução nº 12 do Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoções dos Direitos de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais, que não possui poder de lei.

Assine a petição para enviar um e-mail à diretoria de ações afirmativas da UFJF e pedir a retirada das plaquinhas e a anulação da campanha, que, camuflando-se com o rótulo de respeito à diversidade, coloca em risco a privacidade e a segurança das pessoas que frequentam o campus, particularmente das mulheres. 

+ Letter to:

Assine esta petição agora!

 
Please enter your first name
Please enter your last name
Please enter your email
Please enter your country
Please enter your zip code
Por favor, escolha uma opção:
Procesamos seus dados pessoais de acordo com nossas Política de privacidade e nossos Termos de uso.Ao assinar você aceita os termos de uso da CitizenGO e sua política de privacidade, e aceita receber mensagens de e-mail sobre nossas campanhas. Você pode cancelar seu cadastro na lista a qualquer momento.

Repudio à campanha #liberameuxixi

Gostaria de manifestar, por meio desta mensagem, meu repúdio à infeliz campanha #liberameuxixi.

Além de gerar um ambiente de insegurança para os alunos (particularmente para as mulheres), por causa da possibilidade de abusos sexuais, a campanha mostra um imenso desrespeito à maioria das pessoas, que devem ter assegurados o direito de privacidade e a segurança na utilização dos banheiros.

 

 

[Seu nome]

REPÚDIO À CAMPANHA #LIBERAMEUXIXI ADOTADA PELA UFJF

Assine esta petição agora!

02.000
  1.268
 
1.268 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 2.000 assinaturas.