ONDA DE DEMOLIÇÃO DE IGREJAS EM CUBA

Os fiéis realizaram manifestações massivas em frente à sede do Partido Comunista

 

ONDA DE DEMOLIÇÃO DE IGREJAS EM CUBA

050.000
  20.746
 
20.746 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 50.000 assinaturas.

ONDA DE DEMOLIÇÃO DE IGREJAS EM CUBA

No dia 20 de novembro de 2015 ameaçaram demolir o templo do pastor Fausto Palomo (e sua esposa Orlis) em Santiago de Cuba, pertencentes à Assembleia de Deus.

Além disso, o governo também pretende demolir todas as igrejas localizadas em Abel Santamaría, região mais conhecida como El Salao: a igreja batista do pastor Josué e sua esposa e a Igreja Apostólica, do pastor Fernando e sua esposa Yanet.

Também houve ataques contra a Igreja Emmanuel, dirigida pelo pastor Alain Toledano Valente.

Infelizmente, não foi um fato isolado. Fatos semelhantes em outros lugares de Cuba. Por exemplo, em Camaguey, na igreja evangélica do pastor Bernardo de Quesada Salomón, fundador do Movimento Apostólico.

Ademais, na província de Las Tunas (Manatí), o governo ameaça desalojar uma das igrejas da Assembleia de Deus. Na cidade de Victoria, em Las Tunas, também foi ameaçada a igreja do Movimento Apostólico, liderada pelo pastor Juan Carlos Núñez.

Há também outras igrejas ameaçadas no antigo Central Chaparra (hoje Jesús Menédez), em José Lajas, em Cabaiguan e em Baire.

Os fiéis responderam com manifestações massivas em frente às sedes do Partido Comunista. Eles cantam: “Quer vivamos, quer morramos, somos do Senhor”.

Escreva aos embaixadores acreditados em Cuba e peça a eles que exerçam sua influência para que o governo cubano respeite o direito à liberdade religiosa supostamente garantido desde 1992. 

Para más informações (em espanhol):

ANALISE: Se disparan las violaciones a la libertad religiosa en Cuba

Ataques al pastor Fausto Palomo

Ola de demoliciones de Iglesias en Cuba

Demolición de la Iglesia evangélica en Camagüey

Amenaza de desalojo de la Iglesia de Emmanuel

Confiscaciones y amenazas contra Iglesias en Cuba

+ Letter to:

Assine esta petição agora!

 
Please enter your first name
Please enter your last name
Please enter your email
Please enter your country
Please enter your zip code
Por favor, escolha uma opção:
Procesamos seus dados pessoais de acordo com nossas Política de privacidade e nossos Termos de uso.Ao assinar você aceita os termos de uso da CitizenGO e sua política de privacidade, e aceita receber mensagens de e-mail sobre nossas campanhas. Você pode cancelar seu cadastro na lista a qualquer momento.

Façam com que a liberdade religiosa seja respeitada em Cuba

Estimado embaixador:

Talvez não saiba que há alguns meses o governo cubano iniciou uma campanha de perseguição, ameaça e demolição de templos cristãos em Cuba.

Não se trata de um fenômeno isolado. Ele está ocorrendo em todas as cidades do país.

Os fiéis já se manifestaram nas ruas pedindo respeito à liberdade religiosa, supostamente garantida em Cuba desde 1992.

A atitude e os atos contradizem os acordos internacionais assinados por Cuba e são mais uma amostra do pior totalitarismo.

Por isso peço que utilize seus melhores recursos para garantir a liberdade religiosa em Cuba.

   

  

[Seu nome]

ONDA DE DEMOLIÇÃO DE IGREJAS EM CUBA

Assine esta petição agora!

050.000
  20.746
 
20.746 pessoas já assinaram esta petição. Ajude-nos a conseguir 50.000 assinaturas.